Dados, design e vídeo: o parecer jurídico além do renome do autor

Crédito: Scott Graham/Unsplash

Quando a discussão sobre a constitucionalidade do artigo 19 do Marco Civil da Internet chegou ao Supremo Tribunal Federal (STF), a equipe jurídica do Google percebeu que já tinha utilizado quase todas as suas armas. Depois de usar argumentos e pareceres tradicionais, a empresa de tecnologia decidiu endereçar o que considerava o calcanhar de Aquiles […]


Fonte: JOTA Info
https://www.jota.info/justica/dados-design-e-video-o-parecer-juridico-alem-do-renome-do-autor-28072023

Deixe uma resposta